VACINA APROVADA EM JANEIRO AINDA É ALGO INCORRETO, DIZ COORDENADOR DA CONEP

retomada dos testes da vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford, suspensos após uma reação adversa em um dos voluntários, está aprovada no Brasil, onde 4,6 mil voluntários já receberam o imunizante. O coordenador da Comissão Nacional de Ética e Pesquisa (Conep), Jorge Venancio, explicou à CNN na tarde deste sábado (12) que ainda é incerto o prazo de aprovação da vacina.

“Não acredito em uma perda de tempo substancial, mas se a vacina estará pronta realmente em janeiro ou não, é uma coisa ainda muito incerta. Depende muito dos resultados e do tempo para registrar a vacina”, continua. 

No entanto, a paralisação não deve ocasionar em grandes atrasos. Segundo o médico, a interrupção aconteceu apenas na inclusão de novas pessoas e na segunda dose para os pacientes que já haviam tomado a primeira.

“Nós recebemos o parecer do comitê independente de segurança e a conclusão unânime que tivemos é que era possível recomeçar a pesquisa imediatamente. A situação da pandemia é grave e precisamos ter a vacina o mais rápido possível”, disse. 

De acordo com Venancio, a Fiocruz fala em começar a produção da vacina em abril, mas há ainda várias etapas a serem passadas.

“Primeiro é necessário concluir a pesquisa. Depois, a Anvisa fala em cerca de 60 dias para aprovar a vacina ainda tem um tempo para fabricar. Por último, tem a distribuição no país todo. Existem várias etapas a serem cumpridas, é difícil ter uma previsão”, diz Venancio. Assista à íntegra acima.

Fonte:

https://www.cnnbrasil.com.br/saude/2020/09/12/vacina-aprovada-em-janeiro-ainda-e-algo-incerto-diz-coordenador-da-conep

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOP