SÍRIO-LIBANÊS E 3778 LANÇAM PLATAFORMA GRATUITA QUE SIMULA CENÁRIOS DE IMPACTO DA COVID-19 NOS SISTEMAS DE SAÚDE BRASILEIROS

O Sírio-Libanês e a 3778, startup que trabalha com inteligência artificial de dados sobre saúde, criaram a plataforma COVID-19 Control Center, uma espécie de calculadora digital capaz de simular cenários de impacto da pandemia da COVID-19 em hospitais públicos, gratuitamente, e particulares, a fim de auxiliá-los na rápida tomada de decisão.

Trata-se de uma ferramenta fundamental para os gestores públicos. “A calculadora permite a avaliação diária da curva de casos da COVID-19 e qual será a necessidade de leitos clínicos e críticos em uma determinada região para os próximos meses, sinalizando o período em que poderá haver colapso do sistema se não houver leitos suficientes disponíveis”, explica Rafael Saad, gerente de consultoria do Hospital Sírio-Libanês.

Com a plataforma, é possível traçar e explorar situações como a duração da epidemia, número total de casos, momento do pico de incidência e de interrupção da transmissão (fim do surto), previsão da demanda por serviços de saúde no Sistema Único de Saúde (SUS) e na saúde suplementar, bem como a necessidade de novos leitos, vagas em UTI e respiradores/ventiladores mecânicos. A ferramenta permite ser alimentada com dados específicos de município, hospital ou estabelecimento de saúde.

As informações são analisadas a partir de dados que são carregados nos sistemas públicos, como dados populacionais do IBGE e informações científicas observadas em outros países e no Brasil, como tempo médio de internação. O sistema também calcula casos suspeitos, leva em conta a espera pela realização de testes e subnotificações. Com essas informações, o simulador ajuda a predizer a demanda e o número de novos casos, assim como prever a necessidade de leitos, segundo explica Guilherme Salgado, fundador da 3778. “O COVID-19 Control Center é retroalimentado com dados de casos novos diariamente, o que permite verificar se está ocorrendo achatamento ou aceleração em uma determinada região, fornecendo previsões que auxiliem na tomada de decisão para expandir ou não a capacidade dos sistemas de saúde”. Além disso permite estimar recursos e insumos específicos necessários para hospitais municípios e estados, tais como respiradores, recursos humanos e EPIs.

O projeto começou há um mês e vem sem aprimorado desde então. Tanto a rede pública de saúde como a suplementar já podem utilizar a calculadora. Para isso, basta o estabelecimento dispor de informações estratégicas para alimentar a plataforma. Para gestores do SUS, o COVID-19 Control Center já faz integração automática e atualizada com dados oficiais de casos e óbitos, com a Base CNES (Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde), incluindo a capacidade instalada e portarias que regulam os tipos de leitos e de unidades elegíveis para receber pacientes com a doença. Já para hospitais privados, é necessário conhecer o histórico da demanda frente à epidemia de COVID-19 até o momento, assim como dispor de informações sobre capacidade instalada e/ou planos de ampliação.

Fonte:

https://saudebusiness.com/ti-e-inovacao/sirio-libanes-e-3778-lancam-plataforma-gratuita-que-simula-cenarios-de-impacto-da-covid-19-nos-sistemas-de-saude-brasileiros/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOP