Os distúrbios psicológicos e psiquiátricos durante a pandemia

Boletim Informativo
CORONAVÍRUS Victory
05/2020

Falamos anteriormente sobre os cuidados que se deve tomar com o apoio psicológico às pessoas nos tempos de isolamento social, devido ao novo Coronavírus.

Recebemos informações de diversos casos de complicações severas de quadros psiquiátricos, dentre eles, principalmente, a depressão.

Neste momento de isolamento, os pacientes que utilizam medicamentos antidepressivos e que não estejam de posse da receita, devem entrar em contato com os seus médicos e com seus psiquiatras, para que possam obter a mesma receita, pois já existe a possibilidade de utilização desses documentos digitais, com assinatura digital, que tem a mesma validade das assinaturas reais.

É muito importante que o paciente com quadro Depressivo, Ansiedade, Angústia, Síndrome do Pânico, Agorafobia, Síndrome Bipolar, dentre outras, não deixe de tomar sua medicação. É fundamental que a medicação não seja descontinuada. Além disso, nós sabemos que o exercício físico auxilia, e muito, no controle dos quadros depressivos e não deveria ser deixado de lado.

No momento em que nos é imposto manter isolamento social, os medicamentos não devem ser desprezados. Outra forma de manter a estabilidade emocional é procurar os serviços de apoio psicológico. A Victory já disponibilizou inclusive, no aplicativo Avatar da Saúde, acesso a psicólogos via teleorientação. As operadoras de plano de saúde também já oferecem acolhimento psicológico por teleorientação, telefone e WhatsApp, que auxiliam os pacientes e buscam evitar suas descompensações e agudizações dos quadros depressivos.

A sanidade mental é acompanhada pela saúde física e a depressão pode ser um agravante na qualidade de vida e no risco à saúde das pessoas/pacientes neste momento.

Se for impossível o contato com seu médico particular, não deixe de procurar o apoio médico, mesmo que seja em serviço de emergência por teleorientação via celular. O risco de contrair uma virose respiratória, como é o caso do coronavírus, é muito menor do que o risco de suicídio no caso uma depressão ou de uma síndrome depressiva, descompensada e sem medicação.

Gestão Saúde Victory

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOP