NOVA OPÇÃO DE UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE: PROJETO O-SI NO COMBATE À COVID-19

O Ônibus de Saúde Imediata (O-SI) será um equipamento de saúde de atendimento primário, móvel e modular, de rápida implantação e grande alcance. O projeto prevê a re-utilização de até 4.800 veículos de transporte coletivo recentemente retirados da frota da cidade de São Paulo e adaptação de seu espaço interno para uso clínico com foco em telemedicina, permitindo uma maior flexibilidade e menor custo de operação. 

Foi identificado que um dos efeitos indiretos decorrentes da atual pandemia é a diminuição da ida a hospitais (públicos e privados), postos de saúde, UBS (unidades básicas de saúde) e UPAs (unidades de pronto atendimento) por parte da população, devido ao medo do contágio pelo COVID-19, podendo isto acarretar inúmeras complicações à saúde dos munícipes, não diretamente relacionadas ao vírus. 

Desenhado de forma a acompanhar as necessidades espaciais da modernização médica, o Ônibus de Saúde Imediata (O-SI) irá oferecer uma opção segura de atendimento preliminar e tratamento de doenças comuns durante e depois da pandemia de COVID-19. 

Passada a atual crise de saúde, o projeto será escalado e multiplicado, e funcionará na vanguarda das unidades básicas de saúde, operando off-grid quando necessário, de forma tecnológica e pontual com pré-agendamentos e triagem realizados por aplicativo e de maneira não presencial. Reduzindo custos para o sistema de saúde e democratizando o acesso universal à saúde e o atendimento de qualidade; sem filas e sem surpresas. 

O projeto encontra-se agora na fase final de detalhamento e espera-se que o primeiro protótipo funcional esteja operante em até um mês.

Fonte: https://saudebusiness.com/saude-publica/nova-opcao-de-unidade-basica-de-saude-projeto-o-si-no-combate-a-covid-19/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOP