LONDRES REABRE COMÉRCIO APÓS TRÊS MESES DE ISOLAMENTO SOCIAL

Após três meses de portas fechadas, o comércio de Londres finalmente volta a abrir suas portas em meio a muitas incertezas.

As novas regras de distanciamento social estão por todas as partes: proteção de acrílico nos caixas, demarcação no chão, apenas alguns clientes por vez — regras bem semelhantes às implementadas no Brasil.

Talvez a principal diferença seja a utilização de máscaras, que não é obrigatória e por isso não se vê tanta gente assim com o rosto coberto. A única obrigatoriedade é no transporte público, que também começa a valer a partir desta segunda-feira. Para andar de metrô ou ônibus em Londres só utilizando máscaras também.

No domingo (14) o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, fez um apelo para que as pessoas voltem a comprar com confiança. A economia do país precisa voltar a girar mais uma vez. Mas ainda não está claro se o comércio vai conseguir se sustentar com as novas regras de distanciamento social.

Na Inglaterra, os shopping centers são a exceção — a maior parte do comércio está nas ruas, nas chamadas high streets. E os lojistas que amargaram três meses de prejuízos calculam se valerá a pena ficar de portas abertas com as novas restrições.

O comércio pela internet já vinham modificando o setor há anos e a pandemia talvez tenha acelerado um processo inevitável.

O governo do Reino Unido pretende lançar novas medidas para estimular o consumo — é provável que uma redução temporária do VAT, que é o imposto de valor agregado, esteja a caminho.

A economia britânica encolheu 25% entre fevereiro e abril e as projeções para o resto do ano são bastante desoladoras. Até porque parte significativa da economia permanece fechada — restaurantes, bares, cinemas, teatros e salões de beleza não devem abrir as portas antes do dia 4 de julho.

Cerca de 36 mortes por covid-19 foram registradas no Reino Unido no domingo, o menor número desde o início da quarentena. O país soma quase 41.700 mil fatalidades pela doença, sendo o terceiro mais afetado do mundo — atrás apenas dos Estados Unidos e do Brasil.

Enquanto isso, na França, o lockdown também está sendo um pouco mais relaxado hoje. Cafés e restaurantes voltam a abrir completamente, não apenas nas áreas externas.

E o principal destaque é que o país reabriu suas fronteiras para a União Europeia. As restrições de entrada permanecem apenas para pessoas vindas da Espanha e da Grã Bretanha.

Fonte: https://jovempan.com.br/programas/jornal-da-manha/londres-reabre-comercio-apos-tres-meses-de-isolamento-social.html

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOP