IA FORTALECE GESTÃO DE SAÚDE POPULACIONAL PARA RETORNO MAIS SEGURO AO TRABALHO

Para auxiliar as empresas na gestão de seu time de funcionários  e de terceiros  em fase de quarentena e na triagem da sua população para identificar, de forma precoce  casos novos e prevenir a disseminação da doença, a Mantris,  empresa líder do segmento de medicina ocupacional do país, adota a Solução  RST para ampliar e fortalecer seu portfolio de serviços, direcionados ao monitoramento de saúde durante a pandemia de Covid.

O Programa de Retorno mais Seguro da Mantris, por meio de uma série de serviços que empregam  alto grau de tecnologia, tem como propósito otimizar recursos de tempo de afastamento, gastos com exames e gerar indicadores gerenciais para apoio em tomadas de decisões estratégicas, de Retorno Mais Seguro ao Trabalho Presencial.

Luis Pilan, diretor médico da Mantris, avalia que a utilização de inteligência artificial com 18 formulários diferentes, de acordo com a classificação de risco e requisitos de segurança da Lei Geral de Proteção de Dados, foram os pontos preponderantes de inovação que a Mantris considerou, para oferecer a Solução RST ao mercado de saúde corporativa. “A Solução proporciona mais segurança no processo de acompanhamento dos funcionários e com ela conseguimos registrar todas as informações sigilosas de saúde, abordar a questão familiar e também o aspecto sócio ambiental, agregando  valor aos cuidados da empresa com a volta ao trabalho”, explica Pilan.

Inteligência Artificial na Solução RST

Desenvolvida pelas empresas Easy Way to Health e Citrine Consulting, a Solução RST é fruto da união de suas competências em inovação de negócios, tecnologia e inteligência médica. Ela realiza o gerenciamento inteligente dos riscos e suas consequências trazidos pela Covid-19. A solução identifica as necessidades de cada Pessoa, promove o fácil acesso às orientações e racionaliza o atendimento das demandas por recursos de prevenção da Saúde e de outros serviços.

A solução permite determinar com maior grau de confiança, se a condição de cada indivíduo é segura para o trabalho e se houve mudança em sua saúde e até mesmo se ele precisa de alguma assistência imediata, incluindo a médica.

De posse das informações atualizadas das pessoas, a alta direção pode preparar campanhas de comunicações direcionadas aos diversos grupos de riscos, cuja eficácia será devidamente monitorada pela Solução RST e corrigir a rota, quando necessário.

Permite-se que, a empresa fortaleça ainda mais o processo de governança e aprimore as suas ações de prevenção e de reação à pandemia, provocada pelo Covid-19.

A Solução  RST utiliza arquitetura tecnológica gerenciada em nuvem, capaz de suportar o processamento de dados em larga escala. Garante ainda, a privacidade e proteção de dados pessoais. Contempla também, a oferta de alternativas de atendimento médico por telemedicina, o que proporciona maior agilidade nas respostas, às demandas dos assistidos.

Pode também ser ajustada, conforme a necessidade de momento da empresa e evoluir gradativamente para programas mais abrangentes de prevenção de saúde e de consultoria em gestão de comunicação.

Renato Romani, médico, fundador e CEO da Easy Way to Health destaca que “pela metodologia da Solução, o primeiro passo é fazer uma avaliação do perfil populacional, utilizando um processo automatizado, permitindo que a empresa classifique os funcionários e terceiros, em grupos de riscos, para ajudar no gerencial e no aprimoramento da governança da crise. A RST  direciona as ações e as decisões de alocação dos recursos, de forma mais eficaz e efetiva, possível. Os grupos têm então sua condição de saúde avaliada periodicamente através de um website, um aplicativo no celular ou 0800”.

Desenvolvida com base em modelo matemático de previsibilidade que utiliza questionários e inteligência artificial – IA, a solução efetua a correlação das informações atualizadas da condição de saúde e do local de trabalho de cada funcionário. Renato Azevedo, sócio da Citrine, explica que esta abordagem permite avaliar o risco de cada unidade de negócio e/ou departamento, diante da eventual contaminação de funcionários. “Isso auxilia nas ações e no processo de tomada de decisões, com o objetivo de mitigar os riscos de ruptura e garantir a continuidade dos negócios”, finaliza Azevedo.

Fonte:

https://saudebusiness.com/mercado/ia-fortalece-gestao-de-saude-populacional-para-retorno-mais-seguro-ao-trabalho/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOP