GOVERNO DE SP PODE MANTER QUARENTENA EM ALGUMAS REGIÕES DO ESTADO; DÓRIA FALA HOJE

O governador do Estado de São Paulo, João Doria, deve manter o isolamento social em algumas regiões que contemplam seus 645 municípios. Inicialmente foi anunciado que, a partir do dia 11 de maio, a quarentena seria flexibilizada.

Porém, os índices de isolamento social, obtidos por meio de monitoramento de dados fornecidos pelas companhias de telefonia móvel, não atingiram as médias consideradas ideais pelo comitê de contingenciamento em combate ao covid-19.

O grupo é coordenado pelo infectologista David Uip e, de acordo com ele, o ideal seria que as taxas estivessem em, pelo menos, 50%.

Segundo dados do Sistema de Monitoramento Inteligente, o Estado registrou uma taxa constante de 47% entre a segunda (4) e a quarta (6). Os dados da quinta-feira (7) ainda não foram divulgados.

Até a quinta-feira (7), o Estado de São Paulo tinha 39.928 casos confirmados da covid-19 e 3.209 mortes. Quanto aos leitos de UTI, 66,9% então ocupados. Dos 645 municípios que compõem o Estado, 371 já registraram positivo para a doença.

Na última quarta-feira Doria evitou falar em bloqueio total do Estado, o chamado lockdown, e se negou a adiantar quais medidas seriam adotadas. Desde o início da pandemia ele reforça que toda decisão tomada será baseada na medicina e na ciência.

No dia 22 de abril o governador anunciou a flexibilização do isolamento em algumas regiões a partir do dia 11 de maio, mas avisou que ela seria determinada de forma regional — não em todo o território — e que isso não significava o fim da quarentena e das medidas de proteção.

Na manhã desta sexta-feira (8) será realizada uma reunião no Palácio dos Bandeirantes com o Prefeito de São Paulo, Bruno Covas; o vice-governador, Rodrigo Garcia; o secretário da Fazenda e Planejamento, Henrique Meirelles; o secretário de Comunicação, Cleber Mata; e o secretário da Saúde, José Henrique Germann.

A secretária de Desenvolvimento Econômico, Patricia Ellen; o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas; o secretário municipal de Saúde, Edson Aparecido; e a economista Carla Abrão também participam da discussão.

Após o encontro, às 12h30, será concedida entrevista coletiva à imprensa para anunciar as decisões e atualizações da situação da doença causada pelo novo coronavírus no Estado de São Paulo.

Fonte: https://jovempan.com.br/noticias/brasil/governo-de-sp-pode-manter-quarentena-em-alguma-regioes-do-estado-doria-fala-hoje.html

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOP