FUMANTES TÊM MAIS CHANCES DE TER AGRAVAMENTO RESPIRATÓRIO, DIZEM ESPECIALISTAS

Os fumantes que contraem o coronavírus tem três vezes mais chances de agravamento do quadro respiratório. O tabagismo também é considerado uma pandemia pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Anualmente, o cigarro mata 8 milhões de pessoas no mundo e 157 mil no Brasil.

A médica do Instituto Nacional do Câncer, Tânia Cavalcante, ressalta que as doenças decorrentes do fumo já demandam estrutura hospitalar. Ela acrescenta que o fumante tem mais chances de apresentar problemas de coagulação.

Para o pneumologista da Santa Casa de Porto Alegre, Luiz Carlos Corrêa, a atual crise sanitária pode ajudar na conscientização sobre o tabagismo. O médico reitera que, por outro lado, a quarentena pode provocar o aumento do consumo de cigarro e bebida.

O presidente da Sociedade Paulista de Pneumologia, Frederico Arrabal, contesta estudos que indicariam proteção da nicotina ao coronavírus. O pneumologista acrescenta que o fumo favorece uma proteína que amplia a contaminação da célula pelo coronavírus.

Os especialistas ressaltam que a doença pode ter uma progressão maior em quem consome cigarro.

Fonte: https://jpimg.com.br/uploads/2018/02/cigarro-pixabay.jpg

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOP