FARMÁCIAS REALIZAM 251 MIL TESTES DA COVID-19 EM POUCO MAIS DE DOIS MESES

A Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma) apresenta a quinta versão de seu estudo com resultados de testes rápidos da Covid-19, realizados pelas 26 redes associadas. A atualização aponta que, em pouco mais de dois meses, foram aplicados 251 mil testes rápidos para detecção de anticorpos contra o coronavírus. Para ter acesso à pesquisa completa, clique aqui.

Do total de 251.980 pacientes testados, 36.333 (14,42%) tiveram resultado positivo e 215.647 (85,58%), negativo. Os dados correspondem ao período de 6 de maio a 12 de julho.

O estudo indica que, a cada semana, o número de testes aplicados segue em franca evolução. Entre os dias 6 de julho e 12 de julho, 55.451 pessoas submeteram-se ao procedimento. Dessas, 7.742 testaram positivo e 47.709 negativo. O número de testes realizados na quinta semana é 6,54% maior que o da semana anterior e 17,98% em relação à semana retrasada.

De acordo com a pesquisa, 1.222 farmácias estão ofertando o serviço, das quais 583 estabelecimentos estão em São Paulo e 163 em Minas Gerais. Na sequência, aparecem Rio Grande do Sul, Paraná e Rio de Janeiro, com 92, 65 e 64 unidades disponíveis, respectivamente. Os cinco estados concentram 79,13% do total de locais que praticam o serviço.

Os kits adquiridos pelas farmácias têm registro na Anvisa e passam por um minucioso critério de avaliação. A análise é realizada pela Sociedade Brasileira de Análises Clínicas (SBAC), Sociedade Brasileira de Patologia Clínica e Medicina Laboratorial (SBPC/ML), Associação Brasileira de Medicina Diagnóstica (ABRAMED) e Câmara Brasileira de Diagnóstico Laboratorial (CBDL). Essas entidades disponibilizaram as estruturas de seus grandes laboratórios com atendimento hospitalar para checagem da qualidade dos kits. O site apresenta mais detalhes.

Dados por regiões

São Paulo tornou-se o primeiro estado a ultrapassar a marca de 100 mil pessoas testadas (101.782). Com quatro farmácias disponibilizando o serviço, a Paraíba continua registrando o maior número de casos positivos: 33,83% dos 2.116 testes indicaram a contaminação pelo vírus. Em seguida está o Amapá, que também mantém a posição, com 33,68% de um total de 855 testes.

Tocantins segue registrando o menor índice de pessoas que tiveram contato com o vírus. O número de testes realizados em três estabelecimentos desse estado mais que dobrou em uma semana, passando de 600 para 1.281 – dos quais 94,2% apresentaram resultados negativos. Porém, o número de casos positivos cresceu 85,21% em relação à semana anterior. O percentual de aumento médio nesse mesmo período é de 53,44% no Amapá e, nos demais estados, não ultrapassa 51%.

Fonte:

https://saudebusiness.com/mercado/farmacias-realizam-251-mil-testes-da-covid-19-em-pouco-mais-de-dois-meses/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOP