FAQ CORONAVÍRUS

BOLETIM INFORMATIVO
CORONAVíRUS – Covid-19
04/2020

FAQ Coronavírus

O corpo se torna imune após o contágio e cura?

Ainda não existe essa resposta.

Máscaras protegem contra o vírus? Alguns falam que não se tem tantas evidências científicas que realmente proteja.

É uma maneira de tentar evitar o contágio, mas a higiene das mãos deve permanecer, assim como, evitar o contato das mãos com os olhos, nariz e boca além da limpeza das superfícies.

Pode-se pegar mais de uma vez?

Ainda não se tem evidências por ser um vírus novo e, assim, não termos ainda estudos suficientes.

O vírus pode sofrer mutação?

Sim, já sabemos que o vírus que está no Brasil já é mutante. Originalmente o vírus era natural de animais silvestres – morcegos e cobras, por exemplo, mas, mutou e passou a infectar o ser humano.

Quando as coisas vão se normalizar?

Ainda não se pode precisar a normalização, pois parece que ainda não atingimos o pico de contaminados. Temos de acompanhar os pronunciamentos oficiais e seguir com as orientações do Ministério da Saúde.

Onde surgiu?

Província de Wuhan, na China.

Por que demoraram a tratar?

Lembramos que a China tem uma ”política própria” e isso ocasionou na demora da comunicação.

Quanto tempo demora para passar?

O tratamento dos casos graves, que exigem internação, vai de 7 a 10 dias e nos casos gravíssimos, que necessitam de internação em UTI e uso de respiradores artificiais, o período pode se estender de 15 a 21 dias.

Quais as possíveis sequelas causadas por ele?

Em relação aos tratados e curados ainda não se tem informações sobre sequelas.

Quais os medicamentos que devem ser tomados e o que não se podem tomar durante o isolamento e/ou repouso em caso de sintomas do COVID-19?

Nos casos leves só se deve usar medicamentos sintomáticos, antitérmicos e analgésicos, dipirona e paracetamol. No caso de agravamento com sintomas de falta de ar, tem que procurar apoio médico.

Quando devo ir ao médico se estiver com sintomas?

Se tiver febre alta acima de 37.8 ºC persistente por 48h, com tosse seca e falta de ar.

Por quanto tempo vamos ter que ficar em casa?

Ainda não temos esta resposta, mas o período inicial proposto era de 15 dias. Devemos aguardar orientações do Ministério da Saúde.

Qual o índice de mortalidade?

Pelo que temos de informação até o momento a mortalidade é menor de 1%, levando em consideração a população em geral, mas este índice se eleva muito nos casos de idosos (maiores de 60 anos) e nas pessoas portadoras de doenças crônicas do tipo Pressão Alta, Diabetes, Câncer, dentre outras.

A curva chegará o limite de crescimento quando?

Não se pode precisar, mas a adoção do Isolamento Social teve este objetivo, atrasar o pico de casos para evitar o colapso do sistema de saúde público e privado, o que pode gerar mais mortes.

Mesmo sem contato direto se eu sair de casa posso pegar o vírus?

Não necessariamente, mas estará menos arriscado se tomar os cuidados de distanciamento entre as pessoas e fizer a higiene correta das mãos.

Podem criar um medicamento que controle os sintomas?

Os serviços médicos e científicos do mundo vêm fazendo tentativas e estudos neste sentido.

Qual a porcentagem de infectados para começar a declinar a quantidade de atendimentos hospitalares?

Não temos esta resposta ainda.

Ferimentos nas mãos podem ser vias de transmissão do Corona?

O contato de qualquer fluido corporal – saliva, urina, fezes, sangue, pode transmitir o coronavírus e outras doenças infecto contagiosas dentre elas inclusive as sexualmente transmissíveis, hepatites, etc.

Atenciosamente,
Gestão de Saúde Victory

TOP