CRIANÇAS JÁ SOMAM MEIO MILHÃO DE CASOS CONFIRMADOS DA COVID-19 NOS EUA

Mais de 500 mil de crianças foram diagnosticadas com Covid-19 nos Estados Unidos, de acordo com a Academia Americana de Pediatria e a Children’s Hospital Association.

Em relatório semanal divulgado, as instituições disseram que 70.630 novos casos infantis foram relatados de 20 de agosto a 3 de setembro. Este é um aumento de 16% nos casos infantis em duas semanas, elevando o total para pelo menos 513.415 casos confirmados.

“Esses números são um lembrete assustador do porquê precisamos levar esse vírus a sério”, disse a presidente da Academia Americana de Pediatria, Sally Goza, em um comunicado à imprensa.

“Embora muitas informações sobre a Covid-19 continuem desconhecidas, sabemos que a disseminação entre as crianças reflete o que está acontecendo nas comunidades em geral”, acrescentou ela.

“Um número desproporcional de casos é relatado entre crianças negras e hispânicas e em lugares onde há uma taxa alta de pobreza. Devemos trabalhar mais para lidar com as desigualdades sociais que contribuem para essas disparidades”, disse a médica

Ainda de acordo com o relatório, as crianças representam quase 10% de todos os casos relatados nos Estados Unidos. 

“Este rápido aumento de casos positivos ocorreu durante o verão e, conforme o tempo esfria, sabemos que as pessoas passarão mais tempo dentro de casa”, disse o Dr. Sean O’Leary, vice-presidente do Comitê de Doenças Infecciosas da AAP.

“Agora estamos entrando na temporada de gripe. Devemos levar isso a sério e implementar as medidas de saúde pública que sabemos que podem ajudar”, acrescentou O’Leary.

“Isso inclui o uso de máscaras, evitar grandes multidões e manter distância social. Além disso, será muito importante que todos recebam uma vacina contra a gripe este ano. Essas medidas ajudarão a proteger a todos, incluindo as crianças.”

A AAP recomenda que qualquer criança de 6 meses ou mais tome uma vacina contra a gripe. Os pediatras dizem que é mais importante do que nunca garantir que as crianças tomem a vacina contra a gripe ou o spray nasal protetor antes do final de outubro.

Isso porque ter duas doenças respiratórias circulando ao mesmo tempo – gripe e coronavírus – confundirá médicos, pais e cuidadores no diagnóstico para a Covid-19. Além disso, hospitais e clínicas podem ficar sobrecarregados.

Os dois vírus causam sintomas semelhantes, mas um estudo publicado nesta terça-feira (8), pela revista científica JAMA Network Open, descobriu que crianças hospitalizadas com Covid-19 eram mais propensas a ter febre, dores, diarréia e vômitos do que crianças com gripe.

Crianças com Covid-19 geralmente tendem a ser mais velhas e ter ao menos um problema de saúde pré-existente.

Ao menos 188 crianças morreram de gripe entre 2019 e 2020 nos Estados Unidos, conforme informado pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças do país.

Fonte:

https://www.cnnbrasil.com.br/saude/2020/09/08/criancas-ja-somam-meio-milhao-de-casos-confirmados-da-covid-19-nos-eua

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOP