Covid-19 e insuficiência renal nos pacientes infectados

Boletim Informativo
Coronavírus – COVID-19
06/2020

Pacientes com Covid-19 internados em UTIs têm apresentado casos de insuficiência renal e cálculos renais.

Desde o início de abril, pacientes com Covid-19 em hospitais de Nova York vem apresentando lesão renal aguda, agravada pela escassez crítica de suprimentos de diálise. E, esta observação, se repete no Brasil.

O Covid-19 pode causar insuficiência renal aguda a um volume alto de pacientes, com estimados 14% a 30% dos pacientes doentes chegando a unidade de terapia intensiva por insuficiência renal aguda, necessitando de diálise.

Os pacientes renais crônicos são um dos grupos mais vulneráveis, por não produzirem hormônios renais e terem baixa imunidade. Muitos dos pacientes mais gravemente doentes, em ventilação mecânica, também precisam de diálise, contrariando dados chineses.

No Brasil, a Sociedade Brasileira de Nefrologia reforça constantemente a importância de os pacientes com doença renal crônica, com suspeita ou que contraíram o Covid-19, a não interromperem a diálise.

Nos casos mais leves é importante reforçar a ingestão adequada de água e, aos primeiros sinais ou sintomas de diminuição do volume urinário, procurar atendimento médico.

TOP