COMERCIANTES DA ZONA SUL DE SP TÊM DIFICULDADES PARA MANTER A QUARENTENA

A quarentena adota pelo avanço da Covid-19 passou de 50 dias em São Paulo. Com isso, moradores e comerciantes das áreas mais distantes do centro da cidade têm dificuldades para manter o isolamento.

A estrada do M’Boi Mirim, no extremo sul da capital paulista, tem estabelecimentos abertos e circulação de pessoas nas ruas. Para os pequenos comerciantes da região, que esperavam a reabertura no dia 11, a situação é dramática.

Antônio Siqueira, de 51 anos, tem uma loja de moveis e está trabalhando, apesar do decreto estadual da quarentena não prever o funcionamento. Para não demitir os funcionários , ele diz que fechar as portas é impossível neste momento.

Como uma tentativa de ajudar as famílias que estão em vulnerabilidade social, a prefeitura e os voluntários do programa Cidade Solidaria distribuíram duas mil cestas básicas no bairro do M’Boi Mirim.

As ações conjuntas já atenderam mais de 218 mil famílias fornecendo alimentos não perecíveis e kits de higiene e limpeza, segundo informações do secretário adjunto de Habitação, Ricardo Teixeira. Ao todo, existem nove pontos de entrega para as doações que estão espalhados por São Paulo.

O endereço de cada um pode ser encontrado no site spcidadesolidaria.org

Fonte: https://jovempan.com.br/programas/jornal-da-manha/comerciantes-zona-zul-sp-quarentena.html

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOP