Cloroquina e Hidroxicloroquina

Boletim Informativo
Coronavírus – COVID-19
04/2020

Muito se fala sobre o uso da Cloroquina e Hidroxicloroquina no tratamento do COVID-19 durante a Pandemia. Ambas as drogas são anti-maláricos usados há muito tempo, sendo a Hidroxicloroquina menos tóxica que a Cloroquina, por isso nos deteremos na primeira.

Vamos falar um pouco sobre o tratamento e utilização destas e de outras drogas, no tratamento da doença, mas deixando claro, desde já que, não estaremos afirmando ou sugerindo quanto ao uso das mesmas, visto que quaisquer procedimentos de administração de medicamentos deve ficar a cargo do médico que assiste o paciente, após avaliação caso a caso.

Por ser o Coronavírus um vírus novo, mutante, originado de um vírus de animais silvestres (morcegos e cobras, p. ex.) não se tem ainda estudos suficientemente confirmatórios de um tratamento definitivo para o COVID-19.

Porém, foram obtidos bons resultados em alguns protocolos que utilizam a Hidroxicloroquina, em baixas doses – para evitar efeitos colaterais e outras complicações, principalmente em pacientes com sintomas graves internados em UITs.

Mas, ainda não se pode afirmar ou garantir, de forma definitiva, que a melhora do quadro se deva a Hidroxicloroquina, nem tão pouco, se tem estudos que comprovem o uso profilático deste medicamento, no caso do COVID-19.

Em realidade, tem se usado associações de medicamentos anti-maláricos (Hidroxicloroquina) com antibióticos (Azitromicina), dentre outros e, mais recentemente, Anticoagulantes, por já se ter comprovado que quadros com as manifestações pulmonares, cerebrovasculares e periféricas estão ligados a uma síndrome de coagulação intravascular.

Como já dito, o uso da Hidroxicloroquina tem se mostrado promissor no tratamento do COVID-19, mas NUNCA, deve ser utilizado sem a devida avaliação clínica e prescrição médica especializada, por pessoas que tenham algum tipo de doença, principalmente, cardíaca ou que usem outras drogas cronicamente.

Na dúvida, SEMPRE, consulte o seu médico.

Gestão e Saúde Victory

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOP