BRASIL CONFIRMA 1.312 MORTES POR COVID-19 EM 24H, DIZ CONSÓRCIO

O Brasil tem 66.868 mortes e 1.674.655 casos confirmados de covid-19, segundo levantamento do consórcio de imprensa junto às secretarias estaduais de Saúde e divulgado nesta terça-feira, 7 de julho.

O balanço, atualizado às 20 horas, mostra que em 24 horas foram registrados 1.312 óbitos e 48.584 testes reagentes para o SARS-CoV-2.

O consórcio de veículos reúne UOL, Folha de S.Paulo, O Estado de S. Paulo, O Globo, G1 e Extra.

Depois de dois dias, o país voltou a confirmar mais de 1.000 mortes em 24 horas. É o que mais teve registros de óbitos e novos casos no período de um dia em todo o mundo.

Os Estados Unidos estão em segundo lugar em número de infectados confirmados em 24 horas, com 46.329 casos, segundo o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês). Em relação a mortes, o México está atrás do Brasil, com 480, segundo a plataforma Worldmeters.

Bolsonaro testa positivo para covid-19

O presidente Jair Bolsonaro informou em entrevista nesta terça-feira, 7, que testou positivo para o novo coronavírus. O presidente fez o exame após apresentar sintomas da covid-19, como febre de 38º C, cansaço e dor muscular. Ele disse que começou a sentir fadiga no domingo, 5, foi para o Hospital das Forças Armadas em Brasília e realizou o teste.

Durante a coletiva de imprensa, o presidente também disse que Eduardo Pazuello, ministro interino da Saúde, não fica no cargo. “É um nome que não vai ficar para sempre, está completando três meses como interino e já deu uma excelente contribuição para nós”, afirmou.

Há 53 dias o Brasil está sem um ministro da Saúde. Pazuello assumiu a função interinamente depois da saída de Nelson Teich, no dia 15 de maio.

Fonte: https://exame.com/brasil/casos-de-coronavirus-numero-de-mortes-07-de-julho/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOP