APÓS QUEDA, MÉDIA DIÁRIA DE MORTES POR COVID-19 VOLTA A SUBIR NO BRASIL

O Brasil tem 159.033 óbitos e 5.496.033 casos confirmados de covid-19, segundo levantamento dos veículos de imprensa junto às secretarias estaduais de Saúde e divulgado nesta quinta-feira, 29.

O balanço, atualizado às 20 horas, mostra que no período de um dia foram registradas 553 vítimas e 26.647 testes reagentes para o coronavírus.

Os dados são compilados pelo consórcio de imprensa que reúne UOL, Folha de S.Paulo, O Estado de S. Paulo, O Globo, G1 e Extra.

A média móvel, que contabiliza o número de óbitos da última semana, é de 439, uma redução de 13% se comparado com 14 dias atrás. Na quarta-feira, 29, este número estava em 430 e voltou a subir depois de três dias de queda.

Quando a média de mortes vai ficar abaixo de 100?

Desde o fim de agosto, a média diária de mortes por covid-19 vem caindo no Brasil. Mesmo que seja de forma tímida, o país saiu do chamado platô, quando houve uma estabilidade de cerca de 1.000 novas vítimas diárias — cenário que perdurou por três meses. Este valor agora está em 461, segundo dados do Ministério da Saúde.

Apesar de ser difícil definir uma data, seguindo a tendência de queda no número de mortes, com um olhar estatístico e também sanitário, é possível que entre o fim de dezembro de 2020 e o começo de janeiro de 2021 a média diária de mortes fique abaixo de 100 no Brasil.

Especialistas ouvidos por EXAME acham difícil cravar uma data exata, levando em conta dois principais fatores: a pandemia se comportou de maneira diferente no Brasil, em relação a outros países, e o segundo ponto é que há ainda a possibilidade de uma segunda onda de casos, e de mortes, como ocorreu na Europa, levando a um novo lockdown.

A média diária de óbitos é calculada levando em conta a semana epidemiológica, que começa sempre em um sábado e vai até domingo. Estamos na semana 44, que começou no dia 25 de outubro. Os número se referem até a semana 43, que terminou no dia 24 de outubro. Segundo os especialistas, esta é a melhor maneira de avaliar tendências de alta e queda da pandemia, sem tantas interferências repentinas de apenas um dia.

Fonte: https://exame.com/brasil/casos-de-coronavirus-numero-de-mortes-29-de-outubro/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOP